Programa de Gestão Econômica,
Social e Ambiental da Soja Brasileira

Sobre o Oeste da Bahia

Home Sobre o Oeste da Bahia Sobre a Região Oeste da Bahia

Sobre a Região Oeste da Bahia

Diante das condições de solo e clima, favorecidas pelo bioma cerrado, a Bahia possui condições favoráveis para o cultivo de soja somente no Oeste do Estado.

A região destaca-se pela atividade em larga escala, realizada com empreendedorismo e alto nível de excelência nos processos de produção, tornando-se modelo de crescimento agrícola e uso de tecnologia avançada.

image2

A soma de ações de correção do solo, características geográficas e políticas públicas, transformaram a realidade do agronegócio regional, tornando a região uma das mais produtivas do país. A presença da agroindústria e dos canais de exportação no estado consolidaram o Oeste da Bahia como o polo de grãos do Nordeste.

A região tem a soja como principal atividade agricola, com o grão sendo cultivado desde o inicio da década de 1980. Atualmente, o cultivo de algodão, milho, sorgo, forrageiras, café e pecuária, são as atividades que complementam a matriz produtiva local.

O clima da região Oeste conta com estaçôes bem definidas, topografia plana e índices pluviométricos que contribuem na definição dos limites territoriais, além de uma extensa bacia hidrográfica com rios perenes sobre o aquífero Urucuia, potencializando a irrigação.

A produção está concentrada entre os municípios de Barreiras, Luís Eduardo Magalhães, São Desidério, Formosa do Rio Preto, Correntina, Riachâo das Neves, Jaborandi, Cocos e Baianópolis. A sojicultura movimenta a economia com a comercialização de 50% da soja in natura para indústrias da região e com a exportação de 47% da produção para países como China e Holanda.

A estimativa de produção da soja para a safra 2015/16 é de mais de 5 milhões de toneladas, em uma área de 1,5 milhão de hectares.

image3

(77) 3613-8000
Copyright © Soja Plus Bahia